Você sabia que mastigar de um lado só pode deixar seu rosto torto???

A maioria das pessoas mastiga de um lado só, mas não imagina que isso provoca uma assimetria na face. É comum escutarmos que um lado do rosto não é igual ao outro. É verdade, porém, mastigar de um lado só estimula o crescimento da mandíbula (osso inferior da boca) do lado que a pessoa NÃO mastiga. Essa mastigação unilateral também causa uma diferença na altura dos olhos do lado esquerdo e direito. O olho do lado que o paciente mastiga fica mais baixo que o outro. Além disso, o sorriso fica inclinado, onde o lábio do lado que a pessoa mastiga fica mais alto quando ela sorri. Isso acontece por que a musculatura da boca do lado que a pessoa mastiga fica mais forte (hipertrofiada), assim, quando a pessoa sorri essa musculatura levanta o lábio mais do que o lado oposto. Também ocorre, com o tempo, um desgaste maior nos dentes do lado que a pessoa mastiga, acarretando um sorriso inclinado. Essa mastigação unilateral pode chegar a causar uma assimetria tão grave que é necessário a correção cirúrgica. Mas, além desse problema estético, a mastigação unilateral provoca estiramento da ATM (articulação têmporo mandibular) e, conseqüentemente estalos e dores de cabeça. Em longo prazo pode causar um trauma excessivo em alguns dentes o que causará perda de osso que o envolve, expondo a raíz dos mesmos. Tal exposição causa sensibilidade ao frio, calor e doce. Se isso não é corrigido, a perda desse osso continua, chegando até a perda do dente em um grau mais severo. Em alguns casos a assimetria facial faz com que a pessoa incline a cabeça para compensar a assimetria. Essa conduta provoca um desequilíbrio do corpo para um lado, o qual é compensado pela coluna, acarretando com o tempo um desvio e, conseqüentemente, dores.  Será que você tem uma mastigação unilateral? Cuide-se, preserve sua saúdel.

Como exemplo, trouxe 2 mulheres consideradas lindíssimas, mas que possuem a assimetrias. As fotos da Grazi Massafera  mostram que a mandíbula do lado esquerdo dela (direito de quem vê) parece ser maior; O olho do lado direito dela (esquerdo de quem vê) é mais baixo; O lábio do lado direito dela (esquerdo de quem vê) fica mais alto com o sorriso (observe que ela inclina a cabeça para direita dela) e, finalmente, se vê uma inclinação grande do plano de sorriso dental, onde o lado direito dela é mais alto, evidenciando uma mastigação do lado direito dela (esquerdo de quem vê).

Já as fotos da Juliana Paes mostram uma mandíbula do lado direito dela maior (esquerdo de quem vê), inclusive bem mais grossa; O olho do lado esquerdo dela (direito de quem vê) é bem mais baixo; O lábio do lado esquerdo dela (direito de quem vê) é bem mais alto ao sorrir, inclusive chega a fazer uma covinha, evidenciando que ela mastiga mais do lado esquerdo dela (direito de quem vê). Como curiosidade, procurando as fotos delas na internet se verifica que elas procuram pegar um melhor ângulo para tirar as fotos, e se observa que a Grazi tem muito mais fotos com o rosto ligeiramente virado para à direita dela (esquerda de quem vê) e a Juliana Paes tem muito mais fotos com o rosto  virado ligeiramente para esquerda dela (direito de quem vê), ficando claro que dessa forma se mascara as inclinações assimétricas, pois, viradas com o rosto do lado que elas não mastigam se disfarça a assimetria. Já, nas fotos que aparecem com o rosto virado para o lado que mastigam, se evidencia a assimetria.

OBS: Todas as fotos foram tiradas da internet.

  • Grazi Massafera
  • Mandíbula esquerda dela (direita de quem vê) mais alta .
  • Olho do lado direito dela (esquerda de quem vê) mais baixo.
  • Lábio do lado direito dela (esquerdo de quem vê) mais alto com o sorriso.
  • Mastigação predominante do lado direito

Juliana Paes

  • Mandíbula direita dela (esquerda de quem vê) mais alta e mais larga.
  • Olho do lado esquerdo dela (direita de quem vê) mais baixo.
  • Lábio do lado esquerdo dela (direita de quem vê) mais alto com o sorriso, inclusive fazendo uma covinha.
  • Mastigação predominante do lado esquerdo

Daniela Suzuki

  • Mandíbula do lado direito dela (esquerda de quem vê) mais alta.
  • Olho do lado esquerdo dela (direita de quem vê) mais baixo.
  • Lábio esquerdo dela (direita de quem vê) mais alto com o sorriso.
  • Mastigação predominantemente do lado esquerdo.
Publicado em Ortodontia e Ortopedia Facial | 165 Comentários

Você sabia que mastigar de um lado só pode deixar seu rosto torto??

A maioria das pessoas mastiga de um lado só, mas não imagina que isso provoca uma assimetria na face. É comum escutarmos que um lado do rosto não é igual ao outro. É verdade, porém, mastigar de um lado só estimula o crescimento da mandíbula (osso inferior da boca) do lado que a pessoa NÃO mastiga. Essa mastigação unilateral também causa uma diferença na altura dos olhos do lado esquerdo e direito. O olho do lado que o paciente mastiga fica mais baixo que o outro. Além disso, o sorriso fica inclinado, onde o lábio do lado que a pessoa mastiga fica mais alto quando ela sorri. Isso acontece por que a musculatura da boca do lado que a pessoa mastiga fica mais forte (hipertrofiada), assim, quando a pessoa sorri essa musculatura levanta o lábio mais do que o lado oposto. Também ocorre, com o tempo, um desgaste maior nos dentes do lado que a pessoa mastiga, acarretando um sorriso inclinado. Essa mastigação unilateral pode chegar a causar uma assimetria tão grave que é necessário a correção cirúrgica. Mas, além desse problema estético, a mastigação unilateral provoca estiramento da ATM (articulação têmporo mandibular) e, conseqüentemente estalos e dores de cabeça. Em longo prazo pode causar um trauma excessivo em alguns dentes o que causará perda de osso que o envolve, expondo a raíz dos mesmos. Tal exposição causa sensibilidade ao frio, calor e doce. Se isso não é corrigido, a perda desse osso continua, chegando até a perda do dente em um grau mais severo. Em alguns casos a assimetria facial faz com que a pessoa incline a cabeça para compensar a assimetria. Essa conduta provoca um desequilíbrio do corpo para um lado, o qual é compensado pela coluna, acarretando com o tempo um desvio e, conseqüentemente, dores.  Será que você tem uma mastigação unilateral? Cuide-se, preserve sua saúdel.

Como exemplo, trouxe 2 mulheres consideradas lindíssimas, mas que possuem a assimetrias. As fotos da Grazi Massafera  mostram que a mandíbula do lado esquerdo dela (direito de quem vê) parece ser maior; O olho do lado direito dela (esquerdo de quem vê) é mais baixo; O lábio do lado direito dela (esquerdo de quem vê) fica mais alto com o sorriso (observe que ela inclina a cabeça para direita dela) e, finalmente, se vê uma inclinação grande do plano de sorriso dental, onde o lado direito dela é mais alto, evidenciando uma mastigação do lado direito dela (esquerdo de quem vê).

Já as fotos da Juliana Paes mostram uma mandíbula do lado direito dela maior (esquerdo de quem vê), inclusive bem mais grossa; O olho do lado esquerdo dela (direito de quem vê) é bem mais baixo; O lábio do lado esquerdo dela (direito de quem vê) é bem mais alto ao sorrir, inclusive chega a fazer uma covinha, evidenciando que ela mastiga mais do lado esquerdo dela (direito de quem vê). Como curiosidade, procurando as fotos delas na internet se verifica que elas procuram pegar um melhor ângulo para tirar as fotos, e se observa que a Grazi tem muito mais fotos com o rosto ligeiramente virado para à direita dela (esquerda de quem vê) e a Juliana Paes tem muito mais fotos com o rosto  virado ligeiramente para esquerda dela (direito de quem vê), ficando claro que dessa forma se mascara as inclinações assimétricas, pois, viradas com o rosto do lado que elas não mastigam se disfarça a assimetria. Já, nas fotos que aparecem com o rosto virado para o lado que mastigam, se evidencia a assimetria.

OBS: Todas as fotos foram tiradas da internet.

   Grazi Massafera

  • Mandíbula esquerda dela (direita de quem vê) mais alta.
  • Olho do lado direito dela (esquerdo de quem vê) mais baixo.
  • Inclinação dos dentes do lado direito dela mais alto. (Observem que aparece a gengiva do lado esquerdo dela (direito de quem vê), mas não aparece do lado direito dela.
  • Mastigação predominante do lado direito.
   Juliana Paes

  • Mandíbula direita dela (esquerda de quem vê) mais alta e mais larga.
  • Olho do lado esquerdo dela (direita de quem vê) mais baixo.
  • Lábio do lado esquerdo dela (direita de quem vê) mais alto com o sorriso, inclusive fazendo uma covinha.
  • Mastigação predominante do lado esquerdo
Publicado em Não categorizado | 4 Comentários

CUIDADOS COM OS DENTES NO VERÃO

Nessa época de verão, calor e muito sol é comum escutarmos inúmeros cuidados que devemos ter com a pele, cabelo, alimentação, etc… Você sabia que também temos que ter alguns cuidados com os nossos dentes???

Isso mesmo. Essa é uma época de muita comemoração, festas e muita comida gostosa. E nem sempre essa comida gostosa é a mais saudável (doces, sorvetes, sanduíches, bebidas alcoólicas, etc..). Esses alimentos são extremamente cariogênicos.  Assim, da mesma forma como fazemos uma revisão em nosso carro antes de viajar, também devemos fazer uma revisão bucal antes de viajar para evitarmos uma surpresa desagradável durante às férias. Imagine você na praia, tomando aquele sol, resolve tomar um sorvete e, “hummmm”… começa a doer seu dente. Aí você vai procurar um dentista de emergência e acaba gastando uma fortuna. Por esse motivo é importante termos alguns cuidados nessa época.

1)      Visitar seu dentista antes da viagem.

Pois ele irá observar se você precisa trocar alguma restauração que já não esteja em boas condições.

2)      Você DEVE fazer uma boa limpeza.

Esta é uma parte importantíssima. Aqui seu dentista irá remover tártaros, placas bacterianas e, se necessário, realizará um tratamento na sua gengiva deixando a saúde da sua boca em perfeitas condições.

3)      Faça um clareamento dental.

Aqui é uma parte estética. Da mesma forma como você vai ao cabelereiro tratar seu cabelo, fazer as mãos e pés, depilação, etc… Também deve cuidar do seu sorriso fazendo um clareamento. Isso irá aumentar sua auto estima.

Depois disso é só viajar e curtir suas férias e sorrir bastante. Boa viagem e divirta-se.

Publicado em Clareamento Dental | 4 Comentários

Primeira consulta deve ser feita aos 3 anos de idade

Você sabia que as crianças devem ter sua primeira consulta com o Ortodontista em torno dos 3 anos de idade??

O mau relacionamento dentário pode ser provocado por um mau desenvolvimento das arcadas dentárias. Esse mau desenvolvimento pode ter sua origem em diversos fatores. Exs: Respiração predominante bucal; Hereditariedade; Uso de chupetas inadequadas; chupar o dedo, etc… Todos esses fatores irão influenciar no crescimento dos ossos da boca, assim, caso não sejam identificados precocemente, provocarão um estrago na boca da criança. Um desses problemas é o mau desenvolvimento da mandíbula (osso de baixo da boca). Esse problema é muito comum e é causado principalmente pelo fator genético (hereditário). Mas não é a única causa. Existem fatores externos que podem desencadear esse mau desenvolvimento. Exs: Uso de chupeta inadequada; respiração bucal; falta de estímulos na amamentação. Isso mesmo, crianças que não têm a amamentação materna podem desencadear um mau desenvolvimento da mandíbula (fica com o queixo bem para trás e, muitas vezes os dentes superiores da frente ficam projetados por cima do lábio inferior). Tal problema pode ser corrigido durante a fase de crescimento da criança (enquanto a criança ainda troca os dentes de leite pelos permanentes- Nas meninas até aproximadamente a primeira menstruação). Para isso, são usados aparelhos ortopédicos funcionais (aparelhos móveis) que irão direcionar essa mandíbula para frente, estimulando o seu crescimento. No entanto, esse desenvolvimento só ocorrerá durante a fase de crescimento da criança, passado essa fase a correção só poderá ser feita cirurgicamente cortando a mandíbula do paciente e reposicionando-a mais para frente. Nem preciso dizer que isso é muito mais traumático e com custo mais elevado. Portanto, se você tem filhos entre 3 e 12 anos, consulte um Ortodontista capacitado.

Publicado em Ortodontia e Ortopedia Facial | Deixe um comentário

Terapia com Toxina Botulínica tipo A

Você sabia que existe uma nova alternativa para o tratamento de dores de cabeça provocadas pelo mau posicionamento dentário (enxaquecas); para o bruxismo (ranger dos dentes) e para dores na ATM (de origem tensional)???

Isso mesmo…hoje, através do uso da TOXINA BOTULÍNICA tipo A (aquela usada para preenchimento de rugas e para estética facial) se promove o relaxamento dos músculos, eliminando as dores e diminuindo a hiperatividade dos músculos em casos de bruxismo.

Existem enxaquecas causadas pelo mau posicionamento dentário, o qual impede uma função mastigatória normal e, conseqüentemente, promove uma compressão na ATM, onde passam nervos que irão para a cabeça (têmpora), olhos de ouvidos causando as dores. O tratamento deve ser feito com uso de aparelhos ortodônticos. No entanto, em casos mais severos, onde a dor é muito intensa e freqüente, chegando a impedir uma abertura de boca normal e afetando a qualidade de vida da pessoa, a TOXINA BOTULÍNICA tipo A irá agir eliminando rapidamente essa dor, sem uso de placas miorelaxantes intrabucais, analgésicos e antiinflamatórios. Além disso, como o efeito da Toxina é duradouro, o paciente não terá dores durante todo o tratamento ortodôntico, o que é ESPETACULAR. Nos casos de Bruxismo, a TOXINA BOTULÍNICA age relaxando a musculatura tornando desnecessário o uso de placas miorelaxantes, melhorando a qualidade de vida da pessoa.

Outra indicação da TOXINA BOTULÍNICA tipo A dentro da odontologia é estética. Pessoas que possuem um sorriso gengival (exposição excessiva da gengiva ao sorrir) podem se beneficiar dessa alternativa, pois a TOXINA BOTULÍNICA realizará uma redução significativa dessa exposição, eliminando a necessidade cirúrgica e acarretando uma melhora estética e na sua auto-estima.

Publicado em Toxina Butolínica na Odontologia | 4 Comentários

Ortodontia em Adultos

Sequencia de Reabilitação

 

recessão Óssea por trauma

 

A Ortodontia e a terceira idade.

É importante que fique claro… Não existe contra-indicação de tratamento Ortodôntico por causa da idade. Ao contrário. Você sabia que é muito comum algumas pessoas perderem dentes com o tempo por causa de uma mordida errada? Existe uma frase que escuto muito no consultório. “Dr., perdi meus dentes porquê eles eram fracos. Eu queria ter tido os dentes do meu avô, ele faleceu com 90 anos com todos os dentes na boca”. Essa história de dentes fracos é uma lenda… Na verdade o que ocorre na maioria esmagadora dos casos é que essa pessoa não tinha os dentes fracos, mas sim uma mordida errada, com dentes mal posicionados e, conseqüentemente, um encaixe entre os dentes superiores e inferiores errado. Isso provoca um trauma excessivo em alguns dentes causando um esforço exagerado no osso que recobre esses dentes. Com esse trauma o osso inicia um processo de reabsorção, diminuindo gradativamente a quantidade de osso ao redor dos dentes. Assim, com o passar dos anos, os dentes amolecem, perdem suporte de osso ao redor e acabam sendo condenados à extração. Quando uma pessoa perde um dente, os dentes vizinhos a esse espaço começam a se movimentar, piorando ainda mais a mordida e a sobrecarga nos dentes que permaneceram. Se isso não for corrigido, ou seja, reposicionar os dentes no seu lugar certo e reabilitar os dentes perdidos (através de Implantes e/ou de Próteses), haverá a perda dos dentes em uma seqüência cascata. Hoje, os profissionais sérios e competentes das áreas de implantes e próteses dentárias, normalmente associam o tratamento de implantes e/ou próteses com o tratamento Ortodôntico.

 Dr. Ricardo Resstom – Mestrado em Ortodontia; Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial e em Prótese Dentária. – Prof. Coordenador do curso de Ortodontia no IPO-THUM-Joinville-SC

Fone: 047 – 3028.9628

Publicado em Ortodontia e Ortopedia Facial | 2 Comentários

Você sabia que a maioria das ENXAQUECAS estão relacionadas com o mau posicionamento dos dentes?

 

 

Deslocamento Articular

 

O assunto enxaqueca (dores frequentes de dor de cabeça) já foi, e ainda é, matéria de vários programas de tv. As causas são as mais variadas. Mas você sabia que a causa mais comum está relacionada com o mau posicionamento e relacionamento dos dentes??? Pois é, quando os dentes estão mau alinhados e relacionados, faz com que a pessoa tente encontrar uma posição de mordida mais eficiente. Isso provoca um deslocamento da mandíbula (osso inferior da boca) dentro da sua articulação. Esse deslocamento acarreta uma compressão dessa articulação (atm – articulação que permite a abertura e fechamento da boca). E é dentro dessa articulação que passam nervos que saem da coluna cervical e vão para a cabeça (têmporas). Assim, havendo compressão na articulação, há compressão nesses nervos, provocando as dores de cabeça.

Se você tem dentes tortos ou ausência de algum dente, fatalmente é um candidato a sofrer com as famosas enxaquecas. Em situações como essa, não adiantará vc deixar de ter stress, fazer acupuntura, nem mesmo ganhar na mega sena. O tratamento deverá ser feito por um ortodontista que tenha experiência no diagnóstico desse tipo de problema.

Dr. Ricardo Resstom

Mestrado em Ortodontia, especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial, especialista em Prótese Dentária.

Prof. Coordenador do curso de Ortodontia no Instituto de Pesquisas Odontológicas THUM – Joinville-SC

Fone: 047 – 3028.9628

Publicado em Ortodontia e Ortopedia Facial | 1 comentário